Not the New, the Next – The Next Black

Revendo os rascunhos que deixei no blog ano passado, encontrei o arquivo “The Next Black”. Inicialmente achei que pudesse ser alguma tendência que estaria em alta em 2015 e que, provavelmente, já teria passado do tempo de divulgar. Ao abrir o arquivo encontrei, na verdade, um documentário. The Next Black – A film about the future of clothing.

b1

Lançado em 21 de maio de 2014, o documentário inicia com uma citação muito conhecida de Coco Chanel que lembra que a moda é passageira, já o estilo permanece. Depois que o “new black” virou sinônimo de última tendência, não bastava mais buscar esse imediatismo, pois o encontramos em todo lugar e ao mesmo tempo nos bureaus de moda, passarelas, coleções, lojas e ruas. Então, o documentário se propõe a encontrar “the next black”, algo que está mais a frente, a longo prazo, o que vem depois dessa euforia interminável, das incontáveis tendências e estilos infinitos.

No meio de toda essa rapidez, tendência atrás de tendência, com um tempo cada vez menor entre cada uma delas, a Moda, em si, não mudou muito. O vestir continua carregando o mesmo significado de 100 anos atrás. E mesmo assim,  de acordo com o documentário, em 10 anos (de 2001 a 2010) o consumo de tecidos cresceu 47%! Mas por que modificar ou intervir em uma indústria de 1,7 trilhões de dólares?

im1

Uma resposta simples é que a Moda pode e deve evoluir junto com o nosso tempo, aplicando os conhecimentos disponíveis hoje em um novo conceito de vestir, que possa superar seu significado atual, ampliar os horizontes e as suas possibilidades, afinal, a Moda não está intrinsecamente ligada a inovação?

O melhor é que essas pesquisas e inovações já existem, apenas não são tão rápidas e evidentes quanto a Moda atual. Pesquisas com tecnologia, física, química ligadas a Moda não são nada comuns e levam tempo, assim como a busca de alternativas ecologicamente corretas que atendam às expectativas do consumidor. Desde roupas que interagem conosco, passando por dispositivos tecnológicos que monitoram o corpo, até tecidos produzidos por bactérias em um recipiente com líquido, todas essas possibilidades parecem me apresentar um novo mundo da Moda, que eu achava que não chegaria.

As descobertas desse novo mundo, irei compartilhar aqui, com matérias sobre cada uma das inovações do documentário “The Next Black” e muitas outras que estarão por vir.

Fonte: Trendland

 

 

Advertisements

One thought on “Not the New, the Next – The Next Black

  1. Pingback: Studio XO – The Next Black | The Big Fashion Theory

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s